domingo, 23 de novembro de 2014

Uma carta desconcertada mas com amor.

São Paulo, 23 de Novembro de 2014.


Seria essa a face na qual eu vinha atrás,
Pelo qual meu coração seria capaz de compreender que quando perto não me faria mal?
Outrora acabei com relacionamentos por sensações na qual não conseguia me comportar da forma correta,
Ficava enjoado, simplesmente não conseguia ficar do lado de quem se "amava", algo inexplicável.
E agora você aparece, 
Rouba meu olhar, conquista meu coração, e não me desperta o enjoou que vinha sentindo em todas as outras relações,
Foi o momento no qual pensei,...
A felicidade realmente bateu em minha porta.
Conforme caminhamos, fomos nos conhecendo e aprendendo que as nossas diferenças poderia nos unir, e nos tornar único por isso, mesmo elas sendo opostas, mas tem uma musica que fala,

Coisas da vida.
Eu fui me apaixonar
Tão de repente
Estranho demais
Se isso é um erro
Ou um plano que vai falhar
Não me interessa
Eu vou me arriscar
Marina Elani - Encontrei


E após escutar essa musica perdi de vez a noção do tempo, a noção de tudo, e comecei a sentir um sentimento imensurável, que conseguiu me mudar, mudar minha rotina, mudar a forma na qual eu via o meu eu no amor.
E que se for pra errar de novo que eu erre da forma na qual já venho fazendo, sorrindo pra ti, te olhando, e em um dia que não te vejo já sentir saudade, 
Que eu erre, mas que eu erre com a pessoa certa. 
Você.






1 comentários:

Felipe Lima Jr. disse...

Texto muito lindo..
Parabéns.

Postar um comentário

Veja Também:

 Henrique Sousa Fotografias

Licença Creative Commons
E a Vida Continua está licenciado sob uma lei, que não permite a publicação, sem direitos Do Conteúdo 3.0 Brasil.